BEM VINDOS AO BLOG DO SÃO ROCK


Nossa História

Em junho de 2005, seis amigos se reuniram para comemorar seus aniversários, que por coincidência dos deuses do rock, eram todos na mesma semana. Resolveram chamar a banda de um amigo de Crato (Michel Macêdo, da Glory Fate). Também chamaram duas bandas locais (SKP e ET Heads), e fizeram a trilha sonora desta festa, que a princípio era exclusiva a aniversariantes e seus amigos. Sem querer, nascia ali o festival SÃO ROCK – o dia em que o rock foi pro brejo!
O sucesso da primeira edição obrigou uma continuação. Dois anos depois, já em 2007, veio a segunda edição, agora com a participação de bandas de Fortaleza, e aberto ao público. O sucesso consolidou o evento, e perpetuou essa data no calendário do rock cearense.
Pelo festival já passaram nomes de peso no cenário cearense, como Artur Menezes, Felipe Cazaux, Caco de Vidro, banda One, Killer Queen, Glory Fate, Zeppelin Blues, Renegados, banda Void e tantos outros que abrilhantaram noites inesquecíveis, regadas à amizade, alegria e o bom e velho rock´n´roll.
Hoje, o que se iniciou com um simples aniversário, tomou enormes proporções, estendendo seus ramos, diversificando os estilos e abrindo espaço para mais e mais bandas que querem mostrar seu talento em nossa terra. Agora são duas noites de festival, além da Caldeira do Rock, que leva bandas alternativas para a praça pública, numa celebração maravilhosa, onde congregamos amigos de todas as cidades circunvizinhas e de outros estados, irmanados pelo amor ao rock.
Não para por aí. Queremos tornar o São Rock uma marca que não promova apenas um festival anual, mas que seja um verdadeiro tablado que promova eventos de rock durante todo o ano! Assim, poderemos desfrutar do convívio saudável e também marcar nossa presença, dizer que temos voz e vez, numa cultura tão massificada por músicas desprezíveis e por gêneros impostos ao povo! Fomos, somos e sempre seremos roqueiros!
Portanto, venha participar dessa irmandade, apóie, divulgue, patrocine essa idéia, e seja mais um que ajuda a construir esse espaço!

Esse é o BLOG oficial do festival SÃO ROCK, que ocorre todo ano em Brejo Santo - Ceará. Criado "acidentalmente" por aniversariantes que comemoram na mesma semana e que se uniram para fazer uma única celebração voltada ao nosso gosto músical o ROCK. Além disso o blog divulga noticias e eventos nacionais e internacionais, além de ajudar na promoção cultural da região. Sobre tudo é uma apologia a amizade.




CARIRI VEÍCULOS

CARIRI VEÍCULOS

Arquivo do blog

Impacto Skate Shop

Impacto Skate Shop
Uma loja diferenciada pra você

quinta-feira, 14 de abril de 2011

DIÁRIO DO ROCK - U2 & MUSE no Brasil \\ U2 se despede de São Paulo

U2 & MUSE no Brasil \\ U2 se despede de São Paulo


O terceiro e último show do U2 em São Paulo começou às 21h40 desta quarta-feira (13) com "Even Better Than The Real Thing", mesma música que abriu as apresentações da banda no sábado (9) e no domingo (10) no Estádio do Morumbi. Na despedida, Bono dedicou "Get On Your Boots" ao ex-jogador de futebol Ronaldo "Fenômeno" e num dueto com o brasileiro Seu Jorge fez uma versão em bossa nova de "The Model", dos alemães Kraftwerk. A banda incluiu mais uma vez no repertório "Zooropa", que no domingo foi tocada na íntegra pela primeira vez na carreira do grupo.

O repertório começou semelhante ao apresentado no domingo, com "I Will Follow" e "Magnificent", essa última quando Bono declarou seu amor à América do Sul, citando Brasil, Chile, Argentina e Venezuela. "Mysterious Ways", "Elevation" e "Until the End Of The World" surgiram na sequência. Depois de um agradecimento à presença dos ingleses Muse, que abriram a noite, a banda iniciou "I Still Haven't Found What I'm Looking For" e entregou ao público a primeira estrofe da música, cantada em coro pela multidão.

A primeira mudança em relação ao primeiro show foi a inclusão de "Pride (In The Name Of Love)", tocada no domingo. Como de costume, uma fã subiu ao palco para ler junto com Bono a letra de "Beautiful Day", traduzida para o português.

Assim como nos dias anteriores, Bono discursou, ao som de "Scarlet", em homenagem à ativista de Mianmar Aung San Suu Kyi, Prêmio Nobel da Paz libertada no fim de 2010 após 20 anos presa. E no intervalo do primeiro bis, o líder africano Desmond Tutu ganhou espaço virtual no telão para falar sobre a África e a Campanha One, pela erradicação da pobreza e da Aids.

Já no bis, entre um trecho de "All I Want Is You" e da música "Where The Streets Have No Name", Bono bradou ao microfone, em português: "sou brasileiro e não desisto nunca". Ao final do show, o cantor agradeceu ao público que comprou o ingresso beneficente da Red Zone, que custava R$ 1 mil, e ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, "por ceder o estádio e ajudar a trazer nosso sonho a vocês". Bono também relembrou o episódio do massacre na escola do Rio de Janeiro, onde morreram 12 estudantes na semana passada.

O show desta noite também teve ingressos esgotados, marcando o total de 270 mil pessoas reunidas em três dias. Antes de chegar ao Estádio Morumbi, na tarde desta quarta, Bono e The Edge distribuíram autógrafos e conversaram com os fãs em frente ao hotel onde estão hospedados na capital paulista.

U2 360º Tour
O show que veio ao Brasil tem toda a estrutura da turnê internacional, incluindo o palco circular conhecido como "A Garra", com pontes rotativas e visão em 360 graus, como indica o nome da turnê. Sua montagem mobiliza 209 caminhões --48 deles apenas para carregar estruturas de aço-- e 240 pessoas de 17 nacionalidades diferentes trabalhando.

Sem um roteiro fixo, o repertório do U2 aparece com modificações a cada show, e tem variado entre 23 e 25 músicas. No entanto, algumas canções não ficam de fora, como "Beautiful Day", "Sunday Bloody Sunday", "I Still Haven't Found What I'm Looking For", "One" e "With or Without You", essas duas últimas entram geralmente no bis. Entre as faixas novas aparecem constantemente "Get On Your Boots" e "Magnificent".

Nos três shows em Sâo Paulo, a banda abriu com "Even Better Than The Real Thing", faixa do álbum "Achtung Baby" (1991) que foi resgatada na Argentina, na semana anterior de chegar ao Brasil, após quase uma década sem aparecer no repertório.

No primeiro dia, a apresentação foi marcada pela homenagem aos estudantes mortos no massacre em uma escola do Rio de Janeiro. No segundo, quando o U2 bateu o recorde de maior turnê da história, o público pôde ouvir "Zooropa", tocada na íntegra pela primeira vez na carreira do U2, e "Out of Control", do disco "Boy" (1980), que desde 2006 não aparecia nos shows da banda.

A turnê foi iniciada em junho de 2009 (ano em que a banda faturou mais de US$ 123 milhões com esse show), em Barcelona. Na América do Sul, a excursão já passou pelo Chile e pela Argentina. Depois de São Paulo, a turnê segue para o México, Estados Unidos e Canadá, onde deve ser encerrada no dia 30 de julho.

A banda deve arrecadar mais de 700 milhões de dólares com os shows durante toda a turnê. Ao encerrar, o espetáculo terá sido visto ao todo por mais de 7 milhões de fãs em 30 países, segundo os organizadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

e-buddy - acesse MSN, FACEBOOK, GOOGLE TALK e outros