BEM VINDOS AO BLOG DO SÃO ROCK


Nossa História

Em junho de 2005, seis amigos se reuniram para comemorar seus aniversários, que por coincidência dos deuses do rock, eram todos na mesma semana. Resolveram chamar a banda de um amigo de Crato (Michel Macêdo, da Glory Fate). Também chamaram duas bandas locais (SKP e ET Heads), e fizeram a trilha sonora desta festa, que a princípio era exclusiva a aniversariantes e seus amigos. Sem querer, nascia ali o festival SÃO ROCK – o dia em que o rock foi pro brejo!
O sucesso da primeira edição obrigou uma continuação. Dois anos depois, já em 2007, veio a segunda edição, agora com a participação de bandas de Fortaleza, e aberto ao público. O sucesso consolidou o evento, e perpetuou essa data no calendário do rock cearense.
Pelo festival já passaram nomes de peso no cenário cearense, como Artur Menezes, Felipe Cazaux, Caco de Vidro, banda One, Killer Queen, Glory Fate, Zeppelin Blues, Renegados, banda Void e tantos outros que abrilhantaram noites inesquecíveis, regadas à amizade, alegria e o bom e velho rock´n´roll.
Hoje, o que se iniciou com um simples aniversário, tomou enormes proporções, estendendo seus ramos, diversificando os estilos e abrindo espaço para mais e mais bandas que querem mostrar seu talento em nossa terra. Agora são duas noites de festival, além da Caldeira do Rock, que leva bandas alternativas para a praça pública, numa celebração maravilhosa, onde congregamos amigos de todas as cidades circunvizinhas e de outros estados, irmanados pelo amor ao rock.
Não para por aí. Queremos tornar o São Rock uma marca que não promova apenas um festival anual, mas que seja um verdadeiro tablado que promova eventos de rock durante todo o ano! Assim, poderemos desfrutar do convívio saudável e também marcar nossa presença, dizer que temos voz e vez, numa cultura tão massificada por músicas desprezíveis e por gêneros impostos ao povo! Fomos, somos e sempre seremos roqueiros!
Portanto, venha participar dessa irmandade, apóie, divulgue, patrocine essa idéia, e seja mais um que ajuda a construir esse espaço!

Esse é o BLOG oficial do festival SÃO ROCK, que ocorre todo ano em Brejo Santo - Ceará. Criado "acidentalmente" por aniversariantes que comemoram na mesma semana e que se uniram para fazer uma única celebração voltada ao nosso gosto músical o ROCK. Além disso o blog divulga noticias e eventos nacionais e internacionais, além de ajudar na promoção cultural da região. Sobre tudo é uma apologia a amizade.




CARIRI VEÍCULOS

CARIRI VEÍCULOS

Arquivo do blog

Impacto Skate Shop

Impacto Skate Shop
Uma loja diferenciada pra você

sábado, 9 de abril de 2011

Saiba tudo sobre os shows do U2 no Brasil

Grupo faz três apresentações da “360º Tour” em São Paulo. Foto: Reprodução/ internet.

u25Acontece a partir de amanhã, no Estádio do Morumbi, em São Paulo, uma verdadeira temporada de shows do U2 no Brasil. O grupo traz a “360º Tour” ao País para três apresentações, amanhã, dia 9; domingo, dia 10; e quarta, dia 13. Todos os ingressos para as três datas estão esgotados. O gigantesco palco que está sendo montado no Morumbi  é conhecido como “A Garra”, e apresenta pontes rotativas e visão em 360 graus, ou seja, de todos os pontos do estádio. A montagem mobiliza 209 caminhões, sendo 48 são usados só para carregar estruturas de aço, e 240 pessoas de 17 nacionalidades na equipe.

Essa turnê começou em junho de 2009, em Barcelona, e passou pela Europa e Estados Unidos. Na América do Sul, estreou no Chile, no final de março, e passou por três shows na Argentina. De acordo com a revista “Billboard” americana, já no segundo show, no domingo, o grupo irá bater o recorde de maior turnê da história, que hoje pertence aos Rolling Stones. Depois de São Paulo, a turnê segue para o México, Estados Unidos e Canadá, onde o giro termina, no dia 30 de julho.
Desde que chegou na América do Sul, em Santiago, no Chile, no dia 25 de março, foram quatro shows em que o repertório é quase o mesmo, mas sempre apresenta troca de músicas, totalizando 23 canções em pouco mais de duas horas de espetáculo. Tanto no Chile, quanto na Argentina, o grupo homenageou artistas locais, mas não se sabe se isso vai acontecer no Brasil. Na abertura, a banda britânica Muse toca por cerca de 45 minutos, sempre com um repertório de oito músicas, que mudam a cada dia. Clique nos links abaixo para ver como foi cada um dos shows da América do Sul, e veja mais abaixo os locais de acesso de cada setor no Morumbi, além de outras informações úteis:
Chile, 25/3
O show aconteceu  no Estádio Nacional de Santiago, no Chile. Durante cerca de duas horas e meia de show, diante de cerca de 80 mil pessoas, foram tocadas 23 músicas. As novidades no repertório foram a inclusão de “One Tree Hill”, fora dos shows há mais de 20 anos, e uma versão instrumental para “Mothers of the Disappeared”, ancaixada entre “One” e “Where The Streets Have No Name”. “One Tree Hill” ainda teve a participação da cantora chilena Francisca Valenzuela, e a abertura, com “Beautiful Day”, citou “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, dos Beatles. Na abertura, o Muse tocou por cerca de 50 minutos - veja como foi:
No Estádio Nacional de Santiago, no Chile, diante de cerca de 80 mil pessoas, o grupo mostrou como devem ser esses shows. O repertório foi reduzido em relação a um show do trio como headliner, e durou cerca de 50 minutos Veja abaixo o repertório completo:

MUSE

1- Plug In Baby
2- Resistance
3- Time Is Running Out
4- United States Of Eurasia
5- Uprising
6- Starlight
7- Stockholm Syndrome
8- Knights of Cydonia

 U2

 
1- Beautiful Day
2- I Will Follow
3- Get On Your Boots
4- Magnificent
5- Mysterious Ways
6- Elevation
7- Until The End Of The World
8- I Still Haven’t Found What I’m Looking For
9- One Tree Hill
10- Pride (In The Name Of Love)
11- In A Little While
12- Miss Sarajevo
13- City Of Blinding Lights
14- Vertigo
15- I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight (Remix)
16- Sunday Bloody Sunday
17- Scarlet
18- Walk On
Bis
19- One
20- Where The Streets Have No Name
Bis
21- Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me
22- With Or Without You
23- Moment Of Surrender

Argentina, 30/3
 Aconteceu no Estadio Unico, em La Plata, nos arredores de Buenos Aires. Foi a primeira de três apresentações que o grupo faz na Argentina. Cerca de 60 mil pessoas compareceram ao show, e viram Bono e cia. tocarem 23 músicas. Houve alterações no repertório - se comparado ao de Santiago, no Chile, dia 27 -, a começar pela abertura, que com “Even Better Than the Real Thing”, música que não era tocada desde 2001. “One Tree Hill” deu lugar a uma versão acústica para “North Star”, e a clássica “Pride (In The Name Of Love)” rodou. Na abertura, o Muse tocou por cerca de 45 minutos - veja como foi:

No show de Buenos Aires, o Muse, alterou o repertório, se comparado ao do show de Santiago, no Chile, no dia 27. O grupo tocou durante cerca de 45 minutos, e incluiu músicas como “Supermassive Black Hole” e “Hysteria”, num total de oito canções -
 Veja abaixo o repertório completo:

 MUSE

1- Uprising
2- Supermassive Black Hole
3- Stockholm Syndrome
4- United States Of Eurasia
5- Hysteria
6- Starlight
7- Plug In Baby
8- Knights of Cydonia

 U2
 

1- Even Better Than The Real Thing
2- I Will Follow
3- Get On Your Boots
4- Magnificent
5- Mysterious Ways
6- Elevation
7- Until The End Of The World
8- I Still Haven’t Found What I’m Looking For
9- North Star (acústico)
10- Beautiful Day
11- In A Little While
12- Miss Sarajevo
13- City Of Blinding Lights
14- Vertigo
15- I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight (Remix)
16- Sunday Bloody Sunday
17- Scarlet
18- Walk On
Bis
19- One
20- Where The Streets Have No Name
Bis
21- Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me
22- With Or Without You
23- Moment Of Surrender

Argentina, 2/4

 No Estadio Unico, em La Plata, nos arredores de Buenos Aires, aconteceu o segundo show da turnê “360º”, do U2, na Argentina, onde o grupo tem três datas agendadas, assim como no Brasil. Um público estimado em mais de 60 mil pessoas lotou o estádio e viu Bono e cia. tocarem 23 músicas. O grupo voltou a mexer no repertório, trazendo de volta “New Year’s Day” (logo a segunda da noite) que havia ficado de fora no show da última quinta, no mesmo local, e “Stuck In A Moment You Can’t Get Out Of”. A abertura voltou a ser com “Even Better Than the Real Thing”. Dessa vez, “I Will Follow” e “Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me” é que rodaram, assim como a clássica “Pride (In The Name Of Love)”, que já havia sido limada no primeiro show. Desde o início da turnê, em Santiago, no Chile, dia 27, o grupo não repete o mesmo set list.
Antes do início do show, o U2 homenageou o grupo local Soda Stereo, liderado por Gustavo Cerotti, que está em coma, ao colocar, no PA, uma canção deles, “De Música Ligera”, para tocar. Na abertura, o Muse voltou a fazer mudanças no repertório - veja como foi:
O Muse alterou mais uma vez o repertório. O grupo misturou as músicas apresentadas no show de Santiago, no Chile, no dia 27, com as do primeiro show da Argentina, no dia 30. Ao todo, foram oito músicas. 
Veja abaixo o repertório completo:

  MUSE

1- Plug In Baby
2- Resistance
3- Timne is Running Out
4- Feeling Good
5- Uprising
6- Starlight
7- Stockholm Syndrome
8- Knights of Cydonia

 U2


1- Even Better Than The Real Thing
2- New Year’s Day
3- Get On Your Boots
4- Until The End Of The World
5- Magnificent
6- Mysterious Ways
7- Elevation
8- I Still Haven’t Found What I’m Looking For
9- Stuck In A Moment You Can’t Get Out Of
10- Beautiful Day
11- In A Little While
12- Miss Sarajevo
13- City Of Blinding Lights
14- Vertigo
15- I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight (Remix)
16- Sunday Bloody Sunday
17- Scarlet
18-Walk On
Bis
19- One
20- Where The Streets Have No Name
Bis
Encore 2
21- Ultraviolet (Light My Way)
22- With Or Without You
23- Moment Of Surrender

Argentina, 3/4
Terminou  a mini-temporada que o U2 fez na Argentina. A badalada “360º Tour” se instalou no Estadio Unico, em La Plata, nos arredores de Buenos Aires, para três shows.  Ao todo, estima-se que mais de 180 mil pessoas assistiram ao espetáculo em La Plata.  Na última apresentação, a novidade foi a inclusão de “Bad”, do álbum “The Unforgetable Fire” (1984), uma das preferidas dos fãs. Em compensação, “Magnificent” saiu do repertório, pela primeira vez em toda a turnê. “I Will Follow” e “Pride (In The Name Of Love)” apareceram, mas “New Year’s Day” voltou a ser preterida. O cantor argentino Leon Gieco participou em “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”, e seguiu no palco para uma versão de “Sólo le Pido a Dios”, de sua autoria.

Foi o primeiro show da turnê que só teve três músicas do álbum atual, “No Line On The Horizon”.
Ao todo, foram tocadas 25 músicas, duas a mais que os outros dois shows da Argentina. Desde o início da turnê, em Santiago, no Chile, dia 27, o grupo não repete o mesmo set list. Na abertura, o Muse voltou a misturar as músicas escolhidas, sempre tocando oito, entre 45 e 50 minutos de show - veja como foi:
Aproveitando que é a abertura oficial do U2 na América Latina, e tem limite de tempo para tocar, o Muse tem mudado o set list a cada apresentação.  No último show da Argentina, no Estadio Unico, em La Plata, nos arredores de Buenos Aires, o trio voltou a misturar as músicas, resultando num repertório diferente, se comparado ao de Santiago, no Chile, no dia 27, e aos da Argentina, nos dias 30/3 e 2/4. Como de hábito, foram oito músicas.
Veja abaixo o repertório completo do Muse, no último show da Argentina:
1- Citizen Erased
2- Uprising
3- Supermassive Black Hole
4- United States Of Eurasia
5- Time Is Running Out
6- Starlight
7- Plug In Baby
8- Knights of Cydonia

 U2
 
1- Return Of The Stingray Guitar
2- Beautiful Day
3- I Will Follow
4- Get On Your Boots
5- Even Better Than The Real Thing
6- Mysterious Ways
7- Elevation
8- Until The End Of The World
9- I Still Haven’t Found What I’m Looking For
10- Sólo le pido a Dios
11- Pride (In The Name Of Love)
12- Bad
13- In A Little While
14- Miss Sarajevo
15- City Of Blinding Lights
16- Vertigo
17- I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight
18- Sunday Bloody Sunday
19- Scarle
20- Walk On
Bis
21- One Play
22- Where The Streets Have No Name
Bis
23- Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me
24- With Or Without
25- Moment of Surrender


Serviço
U2
Abertura: Muse
Estádio do Morumbi: Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 - Morumbi São Paulo,
Dias 9, 10 e 13 de abril de 2011, sábado, domingo e quarta-feira
Capacidade por show: 89 mil pessoas
Site para informações: www.t4f.com.br
Abertura dos portões: sábado e quarta-feira, às 16h; domingo, às 15h
Horário dos shows: a partir das 20h, no sábado e quarta-feira, e 19h30, no domingo)
Mapa dos portões de acesso
Microsoft Word - Documento1
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos; 12 a 13 anos acompanhados dos pais ou responsáveis e a partir de 14 anos desacompanhados.
Área de Deficientes Físicos: Acesso à área reservada no anel inferior do estádio e na pista através do portão 17B.
Orientação para o público: Indicadores uniformizados orientarão na formação de filas, nos acessos, setores e portões.
Retirada de ingressos adquiridos pela internet ou telefone: no dia do show, localizadas nas bilheterias do Estádio do Morumbi, das 12h até o início do show, no portão 01.
Estacionamento alternativo: Estacionamento alternativo com translado para o estádio do Morumbi, na garagem WTC, localizado na Avenida das Nações Unidas, 12555
Atendimento Médico: Haverá postos médicos distribuídos por todos os setores do estádio, ambulâncias, UTIs móveis, médicos, profissionais de enfermagem e brigadistas à disposição para qualquer eventualidade.
Segurança:
1000 seguranças contratados (homens e mulheres) e uniformizados garantirão a segurança do evento.
Uma equipe de 180 brigadistas e bombeiros estarão à disposição para o atendimento de primeiros socorros.
O evento contará com o apoio do 16º. Batalhão da Policia Militar e o efetivo do 2º. Batalhão de Choque da Polícia Militar.
A Subprefeitura, em ação conjunta com a Guarda Civil Metropolitana, estará presente gerenciando e coibindo ações de cambistas, ambulantes e camelôs nos entornos do estádio.
Serviço de Alimentos e Bebidas: Tendas e Bares distribuídos nos Anéis do Estádio onde serão vendidos sanduíches, água, refrigerante, cerveja.
Objetos Proibidos:
Correntes e Cinturões
Garrafas Plásticas
Bebidas Alcoólicas
Substâncias Tóxicas
Fogos de Artifício
Inflamáveis em geral
Objetos que possam causar ferimentos
Armas de Fogo
Copos de Vidro
Frutas Inteiras
Latas de Alumínio
Guarda-Chuva
Jornais e Revistas, Bandeiras e Faixas
Capacetes de motos e similares
Vidros em geral
Filmadoras.
É permitida a entrada com:
Sanduíches
Bolachas
Copos Descartáveis
Frutas Cortadas
Máquinas fotográficas amadoras. É proibida a entrada de máquinas fotográficas profissionais.
Banheiros: Serão disponibilizados banheiros químicos (masculinos e femininos), distribuídos em diversos pontos no local do show; além dos banheiros já existentes no estádio.
Sinalização: A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) apoiará na logística, orientação e sinalização do trânsito local. Mais informações serão divulgadas no site http://www.cetsp.com.br/.
Transporte: Serão credenciados 3 mil táxis que estarão estacionados ao longo da Avenida Jorge João Saad.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

e-buddy - acesse MSN, FACEBOOK, GOOGLE TALK e outros